Tag Archives: veganismo proselitista

sobre o proselitismo vegan

Vou falar sobre outra modinha que às vezes cansa: veganismo.

Eu sou vegetariana principalmente por não gostar de carne e ser extrema desvantagem p/ mim consumir. Gosto de animais mas não posso levantar bandeira de defensora deles, seria muita hipocrisia da minha parte.

Existem vários motivos para ser vegan ou vegetariano: restrições religiosas, valores, dieta, recomendação médica, estilo de vida, defesa de animais…

Mas agora chego na parte crítica; proselitistas vegans.Quer coisa mais chata que gente tentando te converter? pois é bem assim. Estão sempre certos (por isso podem falar o que quiserem e da forma que quiserem), os que têm outro tipo de alimentação são seres malvados comparáveis à Hitler,assassinos e coisas assim.

Ae distribuem-se mil panfletos, imagens, vídeos p/ “conscientizar” as pessoas. Mas já pararam p/ se perguntar o que não vegans pensam do veganismo? Já pararam p/ pensar que chamar alguém de assassino só vai fazer com que essa pessoa sinta raiva? Ou acham que todo mundo vai parar e pensar: “oh, wait, sou um assassino, vou virar vegan!”?

Então, vou ajudar vegans que queiram divulgar o veganismo.
1- vídeos com apelação emocional somente faz com que as pessoas se sintam mal mas não as faz entender o veganismo. É ensinar alguém com punição, um “veja o mal que você está provocando, seu assassino!”. Que tal utilizar outra forma de reforçamento, a recompensa? p.e. “é possível ser saudável e sem gastar mais e ser vegan”.

2-não trate onívoros como vilões ou assassinos. Isso aumentará a probabilidade de emissão de uma resposta emocional, como raiva.
O comportamento de comer carne, no histórico do indivíduo,sempre foi reforçado, o que aumenta a probabilidade de emitir novamente esse comportamento. Ver o comportamento hostil por parte de certos vegans vai ser um estímulo aversivo, do qual a pessoa vai procurar se esquivar. Um estereótipo pode ser formado: todos os vegans são assim. A pessoa poderá se comportar de forma a se manter afastado disso.

3– fazer panfleto dizendo o quanto ser vegan é bom p/ a saúde é uma informação útil. Entretanto, p/ ser eficaz, é preciso saber o que as pessoas daquele local pensam sobre alimentação saudável e como elas veem a carne (fonte de saúde, hábito, prazer…), p/ que seja dito algo direcionado àquela população.

4- não trate a carne como vilã. P/ divulgar sua causa honestamente você não deve usar de mentiras ou meias verdades. Sabemos que é possível ser saudável tanto como onívoro quanto como vegan ou vegetariano, então dizer que veganismo é a salvação é um tanto de exagero e falso.
Outra coisa, não espalhe notícias falsas, alguém pode saber a verdade.

5- Uma das coisas que se deve levar em conta é a qualidade da informação dada sobre o comportamento alvo (no caso,veganismo). Lembrem que consequencias como gastar mais dinheiro ou mais tempo em algo ou estados de privação são um tipo de reforçamento que vai diminuir a probabilidade de alguém fazer esse algo…

Enfim, não seja um chato fundamentalista. Ninguém gosta de quem age assim. Que tal usar de mecanismos para promover uma aproximação ao invés de aumentar a probabilidade de afastamento? (:

Advertisements
Tagged
Advertisements