Tag Archives: repesentações sociais

Humor negro parte 1

Tu sabes o que é humor negro? Gosta? Pq as pessoas parecem ficar desconsertadas e algumas “se impedem” de rir mesmo quando acham graça?

Foram estas as perguntas que o grupo fez sobre este assunto para o componente curricular de Representações Sociais. Vou colocar aqui alguns trechos do trabalho:
REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

O termo Representações Sociais foi cunhado em 1961 por Serge Moscovici, na França,  em sua pesquisa sobre a representação social da psicanálise. Moscovici usou como base para seu estudo a teoria das Representações Coletivas do sociólogo Émile Durkheim. No Brasil, as representações sociais estudadas por Moscovici foram influenciadas por Denise Jodelet, uma das responsáveis por desenvolver o conceito.

A teoria das representações é conhecida como teoria do senso comum pois baseia-se nas construções sociais cotidianas. Trata-se de uma simplificação do método científico tradicional, tornando saberes, que antes eram de difícil acesso popular, mais próximos da realidade da população para que sejam melhor compreendidos por esta.
Segundo Jodelet, representações sociais são a visão que as pessoas têm dos objetos sóciais. Uma forma de conhecimento que o pesquisador deve procurar principalmente nas entrelinhas do discurso, que é socialmente construído e representa a visão prática que forma a realidade comum ao grupo.

HUMOR NEGRO

A origem do termo humor negro data de 400a.e.c., na fase transitória entre a filosofia natural e a patologia médica. A palavra humor significa fluido, líquidos corporais. Eram considerados quatro tipos de humores (mais tarde dando origem a teorias de temperamentos): sangue, fleuma, bílis amarela e bílis negra, correspondentes aos temperamentos sanguíneo, fleumático, colérico e melancólico, respectivamente. A quantidade de cada um desses líquidos influenciaria na saúde, personalidade e estados de espírito. O humor da bílis negra foi o que deu origem ao termo humor negro (líquido+negro).

O termo humor negro foi utilizado pela primeira vez pelo escritor surrealista André Breton no livro Anthologie delhumournoir (1940). Breton foi influenciado pela concepção de humor de Hegel e Freudo humor negro seria uma revolta superior do espírito e em seu livro escritos de Arp, Salvador Dali, Kafka  .SegundoBretonO humor negro é limitado por muitas coisas,como a estupidez,ironia céptica,uma piada não é grave […],mas é por excelência o inimigo mortal do sentimentalismo de ar perpetuamente assediado[… ] e algumas fantasias de curto prazo, que muitas vezes  para a poesia.(BRETON,1997,p.16).
Segundo Magalhães (2008) O humor negro entendido pelo brasileiro não adere totalmente à descrição do humor negro betroniano, nem se enquadra totalmente ao mesmo. Segundo Saliba apud Magalhães (2008) ” a crueldade da notícia da morte é diluída pela supressão das aparências, pelo jogo de palavras, ou através da mágica das mesmas palavras, que combinadas com o sublime da música e do ritmo, engendram o riso, quase que pela simples eliminação das próprias coisas.
(SALIBA, 2002, p. 266).” Esta nesta descrição que o humor negro brasileiro se encaixa, que por meio da dessensibilização atenua-se a característica perturbadora de algum assunto.

O que É humor negro:

O humor negro é o tipo de humor que utiliza o absurdo, inesperado, mórbido, que brinca com o senso de ética. É utilizado como forma de enfrentar situações aversivas e também como crítica. É uma das formas que socialmente as pessoas aprendem para amenizar o caráter aversivo de certas situações, rindo delas.
É sutil e o sentido não é escancarado.
ex.:

O que NÃO é humor negro:
piadas sujas, discriminação, piadas pesadas e 80% do que associam por aí ao humor negro. Sabe aquela página do FB “humor negro”? grande parte das coisas ali não pode ser considerado humor negro. (:

ex.: – Mamãe, eu não quero comer hamburguer no jantar! – Cala a boca, senão eu boto seu outro braço no moedor de carne!

fim da parte I
=D

Tagged ,