Tag Archives: erros

mudanças: de visão, de ideia, de opinião.

Temos 3 alternativas: 1-Engessamos os pensamentos, atitudes, opiniões, e andamos por aí com as mãos nos ouvidos e lalalala não estou te ouvindoooo

2- Ficamos completamente volúveis, sem segurança, sem o mínimo de certezas, sem confiança alguma a ponto de, oh, wait, todos podem fazer algo contra mim a qualquer momento e, como não sei se o sol nascerá amanhã não posso planejar. Pode dar tudo errado a qualquer momento já que todo mundo pode mudar de ideia a qualquer hora!

3- aprendermos a equilibrar isso: que acertar é bom, que depois que erramos podemos aprender com essa experiência, que mudar de ideia não é ser traidor de nada, que reavaliar as atitudes é preciso.  Faxinas intelectuais são sempre bem vindas.

[behaviorism mode on]

Em nossa cultura erros comumente são punidos: com retirada da liberdade, numa nota baixa atribuida a uma prova, com gritos e/ou uso de força física, etc. Mas isso não ensina qual o certo, ou como fazer certo, e pode gerar respostas como raiva, depressão e baixa auto-estima.
É mais fácil e prático punir que ensinar o certo, mas quase sempre não é o mais eficaz.
Se tratássemos os erros como coisas que acontecem sempre e com todos, com menos aversão e rigidez, poderíamos passar a, ao invés de punir de alguma forma, guiar ao comportamento mais desejável tanto a nós quanto os outros.
mais aqui

P.e.: o sistema carcerário: grande parte das vezes só serve como punição, onde há a privação da liberdade. Ok, o que isso ensina? Nada. Muito provavelmente vão sair e cometer novos crimes. Comportamentos punidos não são esquecidos mas somente suprimidos podendo reaparecer quando longe do estimulo aversivo da punição. Exemplo: quando na presença de policiais, apresentar bom comportamento, fora disso, apresentar novamente comportamentos indesejáveis.
Estando presente um reforçador que utilize recompensas, mesmo que enquanto privados de liberdade, há um aprendizado eficaz e duradouro. Eles saberão que fizeram algo errado e têm a chance de aprender o certo (tendo oportunidade de, mesmo na cadeia, estudar, trabalhar, ter uma ocupação, gerar renda etc). Esse aprendizado poderá ser colocado em prática ao acabar a pena, não perpetuando a visão de que voltar ao crime seja a única coisa a fazer, pois o ambiente foi modificado.[behaviorism mode off]

p/ fechar:
“…é com nossas teorias mais ousadas, inclusive as que são errôneas, que mais aprendemos. Ninguém está isento de cometer enganos; a grande coisa é aprender com eles”.
K. Popper

Advertisements
Tagged ,
Advertisements